segunda-feira, abril 10, 2006

Livre Abri.. Arbri.. Livre Escolha

Há palavras que me pergunto como é que chegaram aos nossos dias, palavras complexas e difíceis de dizer que torcem e dobram a língua, que apenas levam a pessoa que as tentar usar a cair no ridículo, arbítrio é uma delas. Apesar de a saber escrever, tenho extrema dificuldade em dize-la em voz alta. E como sempre, acho que não acontece só comigo, deve haver muita gente que não a consegue pronunciar à primeira o que me leva a interrogar o porque de ela ainda existir no nossa língua.

O povo, ao longo do tempo, devia ter simplificado ou eliminado esta palavra, nem que fosse só pela inerente preguiça que nos caracteriza. Uma palavra que dobra a língua desta maneira é algo para levar um corte no primeiro r e ficar abítrio, ou outra coisa qualquer.

Este desabafo deve-se ao post do Sr. Moderador. Eu, como pessoa atrasada que sou, leio em voz alta e sempre que chegava à palavra arbítrio empancava e custou-me bastante ler o post pelo que peço desculpa ao Sr. Moderador se estiver equivocado quanto ao tema. Sou uma pessoa simples, que se vai fazer.

2 comentários:

BA disse...

Deixa lá... Muita gentinha haverá quem nem sabe o que isso é. Não conseguir dizê-lo em voz alta é um mal menor, além disso se disseres "abítrio" também funciona, desde que o digas depressa!

Isto de dizer "Livre Arbítrio" é quase tão fácil de dizer como "Três! Tristes! Tigres!", com a dificuldade acrescidade de muita gente não saber o que significa!

A disse...

engraçado "três tristes tigres" consigo dizer logo à primeira, mas não sei o que significa... acho que não se pode ter as duas coisas no que toca a palavras complicadas, ou se sabe dizer, ou se sabe o que quer dizer