quinta-feira, abril 06, 2006

E tudo começou...

Quando estes dois jovens me contactaram para moderador do seu blogue, fiquei a pensar no estranho convite. O que quereriam eles de uma pessoa como eu a moderar os seus posts. Não sou o típico frequentador da Internet, não sou um grande fã das novas tecnologias e desconfio redondamente do aclamado interesse destas ferramentas tecnológicas, que devassam o pensamento interior e o expõem ao debicar do transeunte. Mas, mesmo depois de lhes explicar cuidadosamente a minha posição, eles insistiram que eu era a pessoa indicada para o lugar.

"Queremos que dê o seu contributo a este blogue, as suas palavras serão a nossa orientação na escuridão do livre arbítrio!", foi assim que eles alegremente definiram a minha presença dentro do seu projecto.

Não costumo entrar em propostas de contornos pouco definidos, mas houve algo no olhar destes jovens que me levou a aceitar e aqui estou, pronto a dar início e moderar o conteúdo deste blogue.

Tendo esclarecido a razão da minha presença, dou então início ao "Picotado...". Que os meus jovens amigos comecem a sua obra.

2 comentários:

BA disse...

Não foi fácil, mas lá conseguimos trazer o homem para o mundo das novas tecnologias! É que isto de escrever o que nos vem à mona tem os seus perigos, principalmente quando as pessoas envolvidas não têm as teclas todas nos seus teclados... É preciso alguém que nos ponha na linha de vez em quando!

Por outro lado, nós não podemos andar aqui a perder tempo com burocracias, isso ia interferir com a nossa liberdade de expressão, pelo que tivemos que encontrar alguém que fizesse a gestão deste grande evento que é o "Picotado...".

Vamos ver...

A disse...

eu também quero dirigir as minhas palavras de apreço ao sr. moderador. sei que não foi uma decisão fácil juntar-se a nós e esperemos que não se arrependa de o ter feito. temos muito a aprender consigo e esperemos conseguir retribuir de alguma maneira (o cheque já vai a caminho... brincadeira, não leve a mal sr. moderador :)

o meu obrigado por ter aceite e pelo tempo que nos irá dispensar